Excel vs. Inglês – Qual é o mais requisitado pelos recrutadores?

Excel vs. Inglês – qual é o mais requisitado pelos recrutadores?

Excel vs. Inglês – qual é o mais requisitado pelos recrutadores?

A resposta a esta pergunta surpreenderá muita gente.

Num mercado de trabalho altamente competitivo, ter as habilidades desejadas pelos recrutadores fará a diferença na hora da contratação. Entretanto, quais são essas habilidades? Elas variam de profissão para profissão, claro, mas duas parecem figurar em grande parte das vagas oferecidas atualmente: Excel e Inglês. Mas, afinal, qual das duas é realmente mais solicitada?

Para responder a essa pergunta, foram catalogadas 204 ofertas de emprego no LinkedIn (119) e no Vagas.com (85). A gama de empresas analisadas foi a mais abrangente possível, incluindo empresas dos ramos automotivo, alimentício, varejo, RH, construtoras, etc, de diversas cidades brasileiras. Da mesma forma, há vagas de engenheiro, advogado, analista de marketing, analista de RH, vendedor, eletricista, secretária, etc. nos níveis estagiário, júnior, pleno, sênior e trainee. Finalmente, foram incluídas vagas de 2⁰ e 3⁰ graus.

O critério básico foi: as palavras EXCEL ou INGLÊS têm que aparecer explicitamente no anúncio da vaga. Por mais que pareça óbvio que a vaga pede Excel (no caso de um analista de remuneração), ou Inglês (no caso de uma multinacional), se a palavra não aparecer, conta-se como “Não declarado”. Por outro lado, uma vez que a palavra apareça, conta-se como “Declarado” e classifica-se o nível em avançado, intermediário ou básico, de acordo com o próprio anúncio.

Obs.: não era necessário que as vagas solicitassem as duas habilidades simultaneamente.

Resultado Global

Mais da metade, 60%, das empresas pedem explicitamente ALGUM nível de Excel (seja avançado, intermediário ou básico) em suas vagas enquanto apenas 40% pedem ALGUM nível de Inglês (avançado, intermediário ou básico).

Resultado por nível

Uma vez entendido a porcentagem de vagas que solicitam explicitamente Excel (60%) ou Inglês (40%), é interessante entender qual o nível mais requisitado nessas duas habilidades, Figura 2.

A maior parte das empresas que solicitam Excel ou o Inglês exige explicitamente o nível avançado dos mesmos. Imprescindível, total domínio e fluente são palavras muito usadas nos anúncios. Em torno de ⅓ das empresas aceita os níveis intermediário de Excel e de Inglês. Finalmente, poucas empresas aceitam apenas os níveis básicos dessas duas habilidades.

Excel vs. Inglês – qual é o mais requisitado pelos recrutadores? Gráfico 1

Figura 1 – Vagas que declaram a necessidade algum nível de Excel ou de Inglês vs. vagas que não declaram tal necessidade.

Excel vs. Inglês – qual é o mais requisitado pelos recrutadores? Gráfico 2

Figura 2 – Nível solicitado de Excel vs. nível solicitado de Inglês.

Conclusão

Foi demonstrado que o Excel é mais solicitado pelos recrutadores que o Inglês, na amostra estudada. Portanto, se você não tem nenhuma das duas habilidades, invista primeiro em aprender Excel. É mais rápido e mais efetivo, pois é o que as empresas realmente precisam.

Não dá para descartar o inglês, no entanto, pois esta habilidade é solicitada por muitas empresas.

Além disso, ficou claro que o nível mais solicitado das duas competências é o avançado. Então, aprenda Excel e também Inglês, mas aprenda MESMO. Você será testado e cobrado para ter domínio e fluência. E, se entregar o que o mercado pede, terá mais chances, não só de contratação, mas também de crescimento profissional.

Agradecimento: Lucas Ferronato, pelo incentivo e sugestões.

Fonte: Linkedin


Excel vs. Inglês – qual é o mais requisitado pelos recrutadores?
Ana Cristina Soares
Autora do Artigo:
Ana Cristina Soares

Engenheira de Produto | Simulação | Elementos Finitos | Perfomance Veicular | Consumo de combustível

Deixe seu comentário